Uma Cidade para 30 mil Universitários

 

Em funcionamento o Instituto de Puericultura – Breve a conclusão do Hospital de Clínicas – Um arsenal de cultura na Baia de Guanabara


RIO, (Agência Nacional) – Na Cidade Universitária que está sendo construída no terreno resultante da junção, feita por aterro, de um arquipélago de nove ilhas da baia de Guanabara, já se encontra em pleno funcionamento o Instituto de Puericultura. Dispõe de 16 mil metros quadrados de piso e foi construído em três blocos interligados, com as seguintes dependências: ambulatório com capacidade para atender a 400 crianças por dia, hospital com cinco enfermarias e 170 leitos, além de abrigo maternal, banco de leite materno e pupileira, O edifício do Instituto está localizado no setor médico, entre o hospital de clínicas e a maternidade escola.


Hospital de Clínicas

A maior obra da Cidade Universitária será o Hospital de Clínicas, que está sendo construído numa área de 240 mil metros quadrados. Em cada uma das 16 clínicas que ali serão instaladas haverá 104 leitos, ambulatório completo, laboratórios, salas e anfiteatros para ensino, consultórios privativos para professores e ainda 152 quartos particulares. O edifico da Faculdade Nacional de Arquitetura já se encontra em fase de acabamento e constará de quatro blocos interligados, dispondo de todos os requisitos necessários ao fim a que se destina. Outra parte também em construção é a correspondente à Escola Nacional de Engenharia, cujo edifício constará de oito blocos.


Programa do próximo ano

As unidades em construção logo em funcionamento, independentemente da conclusão da Cidade Universitária, cujas obras gerais prosseguem ativamente, A Cidade foi projetada para uma lotação inicial de 15 mil e quinhentos estudantes, mas poderá comportar 30 mil. Os estudos urbanísticos, bem como o planejamento da grandiosa obra previram todos os aspectos da mesma, de modo a funcionarem ali, com o máximo de eficiência , dependências especializadas de todos os setores de ensino universitário. O acesso à Cidade Universitária será feito por duas pontes, uma já existente e outra em fase de construção.

 

Pesquisado e transcrito por

Antonio José Barbosa de Oliveira
Professor do CBG/UFRJ e colaborador da Divisão de Memória
antoniojosearrobafacc.ufrj.br
 
UFRJ SiBI - Divisão de Memória Institucional da UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ