cartaz 6850 V3 190314

 

Exposição UFRJ 1968+50: Histórias, Memórias e Verdade

 

Esta exposição promoveu reflexões sobre os resultados das pesquisas realizadas no projeto "A UFRJ e a ditadura civil-militar (1964-1985)" coordenado pela diretora da Divisão de Memória Institucional (DMI) do Sistema de Bibliotecas e Informação da UFRJ, a historiadora Andréa Cristina de Barros Queiroz, com a participação dos bolsistas de Iniciação Científica PIBIC/UFRJ e PIBIAC/UFRJ da DMI, que em parceria com o Espaço Memória, Arte e Sociedade Jesse Jane Vieira de Souza da Decania do Centro de Filosofia e Ciências Humanas expuseram o acervo iconográfico, audiovisual e impresso referente à essa pesquisa, analisando os impactos da repressão e o autoritarismo dos governos militares na comunidade universitária da UFRJ.

 

Os acervos apresentados nesta exposição fazem parte dos lugares de memória da UFRJ, como o Programa de Estudos e Documentação Educação e Sociedade (PROEDES) e a Biblioteca Pedro Calmon; e do Arquivo Nacional. Também foi apresentado um vídeo com fragmentos das entrevistas que os ex-reitores da UFRJ concederam ao projeto "Memória Oral dos Reitores", também realizado pela DMI/SIBI.

 

amostra pranchas 01

 

A inauguração aconteceu no dia 20 de março de 2019, quarta-feira, às 10h, no Auditório Professor Manoel Maurício de Albuquerque, localizado no andar térreo do prédio da Decania do CFCH, no campus universitário da Praia Vermelha (Avenida Pasteur, 205, fundos, Urca).

 

Como forma de refletir sobre a relação entre o corpo social da Universidade, seu cotidiano, a produção de pesquisas e a ditadura civil-militar, ao longo do primeiro semestre de 2019 foram realizados debates intitulados "Quartas de Verdade", no Auditório Professor Manoel Maurício de Albuquerque com pesquisadores convidados da Universidade e de outras instituições. Além da exibição de filmes sobre o contexto da ditadura seguidos de debates.

Maiores informações: http://www.cfch.ufrj.br/index.php/27-noticias/1112-a-universidade-cumpre-o-seu-papel

 

cartaz 68 50 programação v2

 

Boletim Vitrine da Memória 

Atrelada às atividades de curadoria da Exposição UFRJ 1968+50: Histórias, Memórias e Verdade, a Biblioteca do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) da UFRJ divulgou em seu Boletim Vitrine da Memória: " A censura na COLTED": o recorte apresentado abrangia a censura aos livros no Brasil, no período de 1960 a 1970. Neste contexto, foram destacados os livros selecionados pela Comissão do Livro Técnico e do Livro Didático (COLTED) que também foram objetos de restrição. Os livros escolhidos para este Boletim eram da antiga Biblioteca do CBPE.

 

Educação Patrimonial 

Outra atividade desenvolvida pela DMI durante a exposição foi a educação patrimonial com relação ao acervo exposto e aos lugares de memória da UFRJ, tanto com a comunidade acadêmica, quanto com visitantes de fora da instituição. Além do trabalho de monitoria da exposição realizado pelos bolsistas PIBIAC, também houve visitas guiadas à exposição com escolas da rede básica da cidade do Rio de Janeiro. E por fim, as fotos mostram o trabalho de educação patrimonial com as equipes de trabalhadores terceirizados do setor de limpeza do campus da Praia Vermelha.

 

UFRJ 196850

 WhatsApp Image 2021 05 24 at 13.00.54 

WhatsApp Image 2021 05 24 at 13.00.55 1

 WhatsApp Image 2021 05 24 at 13.00.55 2

UFRJ SiBI - Divisão de Memória Institucional da UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ